A adoção de uma política de logística reversa na empresa promove múltiplos benefícios não só na organização, mas também para a sociedade, dentre os quais, podemos citar o reaproveitamento de recursos e também a melhoria da imagem corporativa.

Essa política colabora para que o meio ambiente seja poupado, diminuindo a poluição e os problemas causados pelo descarte incorreto de resíduos. Além disso, significa um importante diferencial competitivo para a empresa, e leva a organização a cumprir com uma obrigação legal conforme a lei 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos

Confira as dicas para instituir o sistema de logística reversa na empresa!

Política de logística reversa na empresa

política de logística reversa na empresa

A logística reversa na empresa é um processo que planeja, opera e controla o fluxo e as informações logísticas referentes ao retorno dos materiais após o consumo aos fabricantes.

O processo de logística reversa inclui o gerenciamento das seguintes etapas: coleta, armazenagem, manuseio e movimentação no gerador e na indústria. E assim é dada a destinação final ambientalmente correta, que pode ser a reciclagem.

Esse gerenciamento pode ser realizado e monitorado através de softwares de gestão de resíduos. Através do software de gerenciamento de resíduos da VG Resíduos a empresa otimiza o processo de logística reversa e ganha tempo. Além disso, o software gera relatórios ambientais com facilidade e documentos de uso diário.

É possível implantar o sistema por meio de contratação de transportadoras, criação de centros de coletas de resíduos, parcerias com recicladoras, cooperativas e unidades gestoras de resíduos. Além de criação de um ponto de coleta para que o consumidor comum saiba onde deve levar os materiais usados para o descarte.

Para instituir a política de logística reversa na empresa é necessário planejar antes. Então confira cinco dicas para instituir a política de logística reversa na empresa:

Estabeleça uma política de devoluções e trocas

política de logística reversa na empresa

Para que logística reversa funcione corretamente a empresa pode estabelecer uma política de devoluções e trocas. Com essa política a empresa facilitará a destinação ambiental correta do resíduo. E também, facilitará o entendimento de como os fornecedores, lojistas e outros procederão para entregar os materiais descartados devolvidos pelos consumidores.

É importante que nessa política sejam definidos o passo a passo para que a devolução e troca sejam seguidas corretamente. Sem o passo a passo definido, toda vez que retornar os resíduos através da logística reversa pode surgir dúvidas. Sendo assim, há o risco de o procedimento ser realizado de forma aleatória e o resultado esperado não ser o desejado. O material descartado pode acabar seguindo um fluxo não seguro e, consequentemente, causar impactos negativos ao meio ambiente.

Defina como realizar o manejo

A segunda dica para instituir uma política de logística reversa na empresa esta diretamente relacionada à política de devolução e troca.

Na política devem estar definida dica de manejo. O objetivo é evitar acidentes que possam causar à contaminação do meio ambiente e riscos a saúde do homem, garantir que o material descartado seja destinado ao local certo, sem extravios.

Por exemplo, alguns materiais necessitam de cuidados com o seu manejo. Os resíduos perigosos devem ser armazenados em recipientes que o protejam, seguindo sempre as regulamentações ambientais.

Envolva equipe

política de logística reversa na empresa

A política de troca e devolução ajuda a informar parceiros sobre como proceder para devolver os materiais descartados. Porém, se a equipe da empresa não estiver envolvida o sistema de logística reversa não funcionará.

É necessário que toda a equipe tenha recebido orientação quanto aos procedimentos para instituir a logística reversa na empresa.

O ideal é que as equipes dos setores que lidam diretamente como o processo de logística reversa sejam devidamente orientadas, tais como: setor comercial; de atendimento ao cliente; de produção; e logístico.

Crie um canal de atendimento

Para que a política de logística reversa na empresa funcione adequadamente é necessário disponibilizar um canal de atendimento ao cliente.

Nesse canal serão disponibilizadas informações importantes para se realizar o processo de logística reversa. O atendimento pode ser realizado por um colaborador que explicará os passos em menos tempo.

Um dos maiores desafio da logística reversa é a conscientização da sociedade na questão da educação ambiental. Muitos não têm orientação para o coreto descarte dos resíduos. Na maioria das vezes, esses resíduos são destinados aos aterros. Por isso, é importante que a empresa tenha esse canal para orientação na correta destinação dos materiais usados.

Procure um parceiro para o tratamento dos resíduos

política de logística reversa na empresa

As empresas que instituírem uma política de logística reversa devem procurar por outras organizações especializadas para realizar o tratamento dos materiais devolvidos. Essas tratadoras realizam o tratamento dos resíduos através da reciclagem, neutralização dos seus riscos ou outras tecnologias disponíveis para aquele tipo de resíduo.

Por exemplo, pneus recuperados através da logística reversa podem ser reciclados e o produto resultante da reciclagem pode ser comercializado para outras empresas. As peças dos materiais eletrônicos podem ser recuperados e também comercializados. As embalagens de óleos e lubrificantes são descontaminados e enviados para reciclagem e produção de novas embalagens.

Através da plataforma Mercado de Resíduos da VG Resíduos, é possível encontrar empresas especializadas e licenciadas para esse tipo de serviço. Além disso, a empresa consegue negociar o serviço e realizar uma busca em um mesmo canal de vários tratadores.

Diante disso, conclui-se que a política de logística reversa na empresa deve ser vista como uma grande alternativa para o reaproveitamento dos resíduos em um novo ciclo de vida. A logística reversa impede o aumento da poluição e da extração continuadas de recursos naturais que, em sua grande maioria, já se encontram em extinção. Além de evitar danos à natureza e a saúde do homem.

Gostou desse assunto ou acha ele relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *